sábado, 15 de novembro de 2008

CONSCIÊNCIA MARCIAL

No MÉTODO IMOTO recomendo que o aprendiz use a Consciência Marcial e não a força bruta.



Mas o que é exatamente esta "Consciência Marcial"?
Como usá-la com eficiência?



Quando estamos conscientemente fazendo um Kata, estamos voluntariamente dirigindo nossas ações mas, enquanto isso, ignoramos todos os outros estímulos sensoriais provenientes do Sistema Nervoso Central do corpo. E mesmo se conseguirmos gerar algum poder muscular para derrubar um adversário, isso não é o verdadeiro "AIKI".
Através do treinamento do MÉTODO IMOTO nós aprendemos a nos comunicar com AIKI.
Quando nosso pensamento se unifica com o movimento, a intenção aciona e dirige o corpo em um nível subsconsciente.
A vantagem de gerar força explosiva desta maneira é que as informações sensoriais emitidas pelo corpo não são ignoradas pelo seu subconsciente, e assim poderá fazer constantes microajustes nas suas manobras até atingir o resultado mais efetivo sem excesso de esforço e desgastes.
Por isso, os mestres do AIKI parecem possuir uma habilidade espantosa nos seus poderosos golpes e arremessos com um mínimo de movimento.
Quando queremos ler a intenção do oponente, o processo é basicamente invertido. Se confiarmos somente em nossos olhos para observar o adversário, o restante de nossos sentidos serão ignorados e a nossa resposta e movimento serão ineficazes. Porém, se deixarmos todos os nossos sentidos atuarem livremente para captar a informação ao nosso redor, isto será recebido pelo subconsciente (a base oculta e gigantesca do iceberg da consciência), e captaremos um resumo perfeito de informação para a nossa percepção desperta, frequentemente na forma de um reflexo condicionado sinestésico.
E novamente isso só é possível se aprendermos a controlar o nosso próprio Centro de Gravidade efetivamente através de um treinamento bem orientado.

Nenhum comentário: