quarta-feira, 24 de março de 2010

SOBRE LINHAS DE FORÇA E O PRINCÍPIO AIKI



No MÉTODO IMOTO só empregamos um tipo de movimento nas técnicas e exercícios: ROTAÇÃO. E somente duas direções em espiral: no sentido horário e no anti-horário, não importando se para o alto ou para baixo, para frente ou para trás, para a esquerda ou à direita.
E no corpo, tanto acima quanto abaixo do seu Centro Gravitacional, precisamos somente aproveitar e favorecer dois movimentos:
Na parte superior (cintura, tronco, braços, cabeça), movimento de rotação no sentido horário (da esquerda para a direita), ascendente ou descendente.
E na parte inferior (quadril, pernas e pés), movimento de rotação no sentido anti-horário (da direita para a esquerda), ascendente ou descendente.
Este sentido favorável à geração de torque no movimento é definido pela direção das linhas de força* ao longo do corpo.
1 - Nos braços, por exemplo, existem linhas (ou "meridianos", conforme a teoria da acupuntura), cujo ponto inicial se origina no tronco e termina em um dos dedos.
Logo, o sentido de rotação será horário e seguindo um caminho do peito rumo às extremidades das mãos.
2 - Já nas pernas há linhas cujo ponto inicial começa na sola dos pés, escala as pernas, cruza o tronco, passa pelo pescoço e termina no rosto ou no topo da cabeça.
Logo, a direção do seu movimento de rotação terá a tendência natural de ser ascendente e no sentido anti-horário.
A interação entre estas duas colunas em espiral de forças - opostas mas complementares entre si - irá se concentrar em torno de um eixo vertical e de um núcleo, justamente o Centro de Gravidade, Massa e Equilíbrio do corpo.
Ainda de acordo com a teoria de fluxo de impulsos neurais no corpo, as linhas de força na anatomia humana também seguem uma determinada ordem de movimentação:
1 - do tronco para as mãos;
2 - das mãos para cabeça;
3 - da cabeça para os pés;
4 - dos pés para o tronco (e novamente para as mãos fechando um circuito).
A ALTERNATIVA DO AIKI
Posicionar o Centro de Gravidade de forma a redirecionar (e manipular) as linhas de força captadas e emitidas pelo Centro de Gravidade do oponente.
Se, para ilustrar este conceito e a sua aplicação nos golpes, as linhas de força do braço ou mão se combinarem e girarem na mesma direção do membro que tocar, extendendo a alavanca, então haverá atração entre aquelas partes dos corpos.
Caso girar no sentido contrário, e encurtar a alavanca, haverá repulsão.
O diferencial dessa estranha habilidade denominada "Aiki" (combinar energias, em japonês) é que ela se converte em um poderosa alavanca executada com a mente, através da consciência marcial.

E a maestria do Aiki requer treinamento especializado.

* Linhas de força: trilhas na estrutura corporal formadas pela circulação da água - um ótimo condutor de eletricidade - presente principalmente no sangue, para irrigar o organismo com nutrientes. Normalmente essas linhas coincidem com as correntes de pressão que suportam os ossos, os tendões, a musculatura e a pele mantendo-os em equilíbrio dinâmico (Tensegridade) graças a Gravidade atuando sobre a massa do corpo e à sua consequente Força de Reação do Solo.

Nenhum comentário: