quinta-feira, 8 de abril de 2010

A IMPORTÂNCIA DO AIKI

Sem aplicar o Princípio Aiki no treinamento, as técnicas de combate com e sem armas não terão a eficiência máxima para a qual foram projetadas. E assim os praticantes continuarão dependentes do vigor muscular que naturalmente tende a se reduzir com a idade...

Sem aplicar o Princípio Aiki no treinamento, os exercícios físicos intensos irão desgastar as articulações e os órgãos vitais do corpo em vez de fortalecer o organismo como um todo a longo prazo...

E sem adaptar o Princípio Aiki à vida, os relacionamentos em geral serão insípidos e o ser humano continuará cativo de inúmeros conflitos e dilemas.

Com o Aiki a prática poderá ser eficiente, saudável e capaz de trazer felicidade e paz na Terra.

Felizmente o Aiki não é uma exclusividade limitada a alguma arte ou autoridade. Como a Gravidade e as demais leis da Física, é um princípio universal pronto para ser utilizado a nosso favor. Por isso, qualquer pessoa sensível e inteligente que também está buscando sinergizar, multiplicar, alavancar seu treinamento para melhorar a sua performance e a sua qualidade de vida, tem grandes chances de chegar à mesma descoberta e conclusão.

Com o Aiki as artes marciais funcionam na autoproteção, os exercícios de condicionamento dão longevidade ao corpo e o ser humano se liberta das influências que só trazem violência e desespero a si mesmo e aos seus semelhantes.

"Aiki" é um rótulo, e não importa o nome que damos para este fascinante princípio marcial, o importante é usá-lo como guia na academia e, mais ainda, nos nossos relacionamentos diários.

No início, Aiki é uma técnica para desequilibrar seu oponente. Depois, a consciência corporal que esta técnica requer para agir poderá ser transferida para outras atividades. Eventualmente, no devido tempo, aquela consciência corporal irá se purificar até tomar conta de todo o seu ser.
Então, finalmente consolidará a liberdade de existir em harmonia com tudo e todos.

Para ler, pensar e praticar.

Nenhum comentário: