sábado, 1 de outubro de 2011

MUDANDO PARADIGMAS

Aprender a lutar e se defender se parece com o aprendizado de um idioma estrangeiro. Se ficar comparando as novas palavras com a sua língua nativa, ficará confuso e estará sabotando seu estudo. Mas se estiver morando e convivendo no país e com os falantes do idioma em estudo, seis meses serão suficientes para adquirir a devida fluência e um vocabulário cada vez mais rico.
Transferindo esta observação para um outro processo do aprendizagem, recomendo que o iniciante evite fazer associações precoces com técnicas de outros sistemas marciais que tenha praticado ou visto anteriormente.
Estou falando de um novo paradigma nas artes marciais.

No MÉTODO IMOTO, a teoria científica por trás das alavancas, das áreas vitais e dos ângulos etc, é ilustrada nos movimentos tridimensionais básicos do corpo para evitar que o praticante seja vítima da típica armadilha mental descrita acima.
Primeiro exponho a teoria, demonstrando-a com uma manobra-modelo de aplicação do princípio apresentado (obviamente baseado em situação reais de confronto). Então, mediante alguns ensaios livres, o praticante já terá à sua disposição uma ferramenta multifuncional em vez de uma técnica pré-fabricada.
O problema das técnicas "herdadas" é que elas exigem milhares de repetições coreografadas para serem compreendidas e outras milhares de repetições em diversas variações para serem depuradas e aplicáveis na luta. Esta didática dita "tradicional" ainda perdura em muitas escolas orientais e ironicamente em certos estilos contemporâneos de combate corpo a corpo militar. Após anos de uma prática dispendiosa, sem aplicação marcial confiável e sujeita a lesões, muitos desistem, abandonam os tais "Mestres", trocando as lutas por aulas de musculação e planejando comprar uma arma de fogo para se protegerem...
Felizmente disponibilizo novos meios, informações e recursos materiais simples e inovadores para acelerar o aprendizado marcial de um jeito rápido e econômico, ganhando tempo extra para refinar habilidades e idealizar metodologias cada vez melhores de ensino e treinamento.
Esta é a minha missão, compromisso e motivação como profissional da defesa pessoal pura.

Nenhum comentário: