sexta-feira, 21 de outubro de 2011

REMÉDIO PARA DEFESA PESSOAL


Uma mulher que sabe apenas desequilibrar seu oponente poderia se defender com sucesso de um agressor mais forte e pesado?
O melhor é que pode. Quem prova isso são os raros mestres do desequilíbrio. Talvez você ainda não tenha lido nada sobre eles. Por isso o meu livro revela as fotos e os nomes de alguns destes homens notáveis. A começar pelo título: A METAFÍSICA DO COMBATE.

TERAPIA
Escrevi este livro por uma única razão: meu trauma de katas, katis e outros movimentos coreografados quando praticava certas pseudo artes marciais. Aquelas decorebas de técnicas desprovidas de aplicação real me deixavam neurótico, confuso e me roubaram boa parte do pouco tempo que tinha - depois do trabalho - para ser jovem: "Neste sábado, exercitarei tal técnica de tal arte. Domingo à tarde, será a vez da forma de tal sistema, pois o feriado da quarta será ocupado com o bendito estilo X". Não que eu detestasse treinar. Ao contrário, sempre fui obcecado por lutas! O que eu não engolia mesmo eram as malditas técnicas a serem decoradas.

“Com Aiki improviso novas técnicas e todas funcionam.”
As palavras esotéricas do prof. Ueshiba ecoaram na minha mente por muitos e muitos anos. Não conseguia livrar-me delas. Posteriormente lendo os relatos sobre o princípio Aiki desenvolvido pelo prof. Sagawa do Daito Ryu, as pistas começaram a surgir. Ainda era difícil aceitar que alguém pudesse colocar aquilo em prática. Um ano treinando o Yi Chuan com Sifu Wang Te Cheng e seus melhores alunos, e aos poucos fui abrindo os olhos para esta possibilidade. À medida que melhorava minha estrutura músculo-esquelética e tomava consciência das linhas gravitacionais de força que a atravessavam de cima abaixo, livrando-me naturalmente do condicionamento das malditas técnicas pré-formatadas, descobri o quanto as escolas tradicionais de luta perderam o foco. E é isto o que me revolta: procura-se um dojô para aprender, transformar-se e, no fim, acaba-se lesionado e extorquido. Sim, porque só mesmo na mentalidade atrasada de certos “mestres” poderia passar a ideia de que é possível se defender memorizando técnicas compradas.
Então, em 2006, decidi criar um remédio definitivo para solucionar esta doença...

BULA DO MÉTODO IMOTO
  • Indicações
Tratamento eficiente para leigos e também para praticantes de outras modalidades que perderam tempo e dinheiro decorando técnicas. 
  • Composição
À base de treinamento solo e em duplas, com bastante Aikikempo (Contato Livre) e litros de suor gasto de jeito inteligente. 
  • Modo de usar
Treinar 3 vezes por semana, por 1 hora, os exercícios básicos da Série Fundamental (Imobilidade Dinâmica, Damaru, Pêndulo, Croc, Sumô, Prancheta de Flexão, Corrente e Clava).
  • Fórmula
Não existe, o que torna a prática agradável e de excelente aceitação, pois está sempre em evolução absorvendo conhecimento de diferentes fontes.
  • Precaução
Conteúdo explosivo e concentrado que só pode ser ministrado em situações de vida ou morte.
  • Contra-indicação
Remédio exclusivo para DEFESA PESSOAL PURA não deve ser usado indiscriminadamente, em qualquer discussão no trânsito ou esportes competitivos.
  • Observação
Siga corretamente o modo de usar; se o criminoso não ser neutralizado, procure imediatamente a orientação do seu professor.

Para ter acesso a esse remédio, acesse www.metodoimoto.com
 

Nenhum comentário: